>

terça-feira, 1 de julho de 2008

Esqueçam que eu existo

Hoje deveria ser o dia em que a minha mãe estaria enfiada na cama, com 5o Xanax, desgostosa, chorosa, ainda mais deprimida do que nos outros dias ...recordando os 11 anos passados sobre o suicidio da minha irmã ... nos últimos 10 anos foi sempre assim. (e neste dia até é compreensível), mas pelos vistos este ano é diferente ... tirou o dia para me chatear!

Está farta de me telefonar quer para casa, quer para o telemóvel ... eu não atendo ... pelo que decidiu fazer pressão para o telemóvel do meu marido. A conversa é sempre a mesma ... quer ver os netos ... e embora esteja farta de saber que não permitimos, não quer parar de insistir. Desta vez, correu pior, pois o meu marido, que grande parte das vezes, ouve sem dar resposta, mas hoje, não estava para aí virado pelo que disse-lhe o que ela não queria ouvir.

O meu unico receio é que ponha pés a caminho e que nos venha fazer uma espera ... colocando-me na ingrata situação de ter de a mandar embora e ter dialogos menos próprios em frente aos meus fihos. Espero bem que não tenha esse atrevimento ... pois a minha paciência está no limite!!!

Estou eu aqui na aldeola, onde não se vê, nem ouve ninguém ... e esta gente não para de me chatear. Eu sei bem o que é que ela está a pensar ... ela pensa o seguinte: como eles têm os 800,00 euros para pagar, pode ser que condescendam a minha aproximação .. eu ajudava a pagar as despesas e eles deixavam-me ver os meninos!!! Meu Deus ... há pessoas que só vêem cifrões à frente!!! Como ela está enganada!!! nem que eu tivesse que comer as pedras da calçada, mas nem eu nem os meus filhos estão à venda!!!!

PS - Sei que esta conversa, já mete raiva ... mas este Blog funciona como o meu diário, pelo que todos estes incidentes têm de ficar registados.

OUTRO ASSUNTO
Estaremos oficialmente de férias no próximo dia 7 de Julho. Como infelizmente não tínhamos, e agora muito menos temos, dinheiro para grandes projectos, estou a pensar em fazer algumas saídas que não impliquem pernoitar fora de casa, pelo que gostaria de vos pedir algumas dicas para conseguirmos realizar alguns passeios, por forma a conseguirmos rentabilizar algum do pouco dinheiro que temos. Aceitam-se sugestões para programas até ao máximo de 200 Km de Lisboa (lol)

7 comentários:

MamãdaDiana disse...

He He... Olha podes vir me conhecer?!! K tal?? Passamos o dia por belém??

Tô brincar...

Não sou grande ajuda pois os únicos sitios de Portugal e arredores que conheço é o sitio onde moro e Lisboa(e conheço mal).

Quanto à tua mãe, vou ser muito sincera:
Se achas que ela foi má influência para o teu filho... Não deixes que faça o mesmo a estes dois que estão contigo... Protege-os.

Beijinhos

MamãdaDiana disse...

E eu sou a andreia...

A minha pipoka é que se chama Diana...

Beijokas

Dri disse...

olá querida... dizes sempre que sou uma cunhada desnaturada, que não te deixo um recadinho... pois bem, cá estou eu a fazer-te uma visita virtual e a deixar-te uma sugestão... visita este site:
www.guiadacidade.pt
aqui vais encontrar mts sugestões de passeios em Lisboa e arredores (acho que já to mostrei uma vez) beijos aos meus sobrinhos...

P.S.: obrigada mais uma vez por teres vindo ver a Catarina, foi mt importante para nós as duas... é bom saber que não estamos sózinhas... é por estas e por outras que admiro-te imenso...

Nuno Filipe Alves disse...

sem ser para dormir fora, mas por exemplo concertos agradáveis onde podes ir tu e os meninos tens:

dia 05: Aula dos namorados em Rio de Mouro

dia 16: Jorge palma em Mafra

Todos gratuitos claro...

Elisabete disse...

Olá, em primeiro, tu e o teu marido é k decidem com kem os vossos filhotes devem contactar e estar, por isso, apoio-te.
Em segundo, tou como a mamã da Diana, vem até Lx e marcamos um belo de um lanche aki na capital, num fim-de-semana:)
Locais para visitarem, axo k na net és capaz de conseguir escolher alguns:)
Beijocas

Ângela & Tomás disse...

Olá!
Rapariga que vida a tua!
Que história a da tua irmã...nem consigo compreender o desespero que alguém deve sentir para ter coragem de por fim à vida. Sim coragem, porque considero um acto de coragem e de cobardia ao mesmo tempo!

Quanto ao André...
ele está furioso! É normal na sua prespectiva de filho...
mas fizes-te o que tinha d ser feito no teu papel de mãe!
Não ligues às suas provocações, não ganhas nada com isso e assim ele não desiste de te chatiar!

Ai...bem precisas de férias!
Conhceces o Portinho da Arrábida?!
Óbidos, e depois dás um saltinho às praias mais próximas...
Baleal, Peniche...

Beijinhos babados!

Anocas disse...

Bem... como se costuma dizer:"só se perderam as que caíram no chão". Acho que o teu marido esteve bem. Ninguém é de ferro.
"Very sorry" por estar a dizer isto, eu sei que é uma maldade da minha parte, mas na verdade a senhora deve estar com um problema qualquer de cabeça e o melhor mesmo é mantê-la afastada dos meninos.
Aquela lenga lenga de que ela é que é muito boa e sofredora, que toda a gente está contra ela e se aproveita dela, etc, não é com toda a certeza nada positiva para a cabeça das crianças.
Ouvir dizer mal dos pais aos avós é o principio para começar a ter as prioridades deles mal definidas e icarem confusos.
Acho que realmente a senhora se estará a tentar aproveitar da situação, mas alguma coisa se há-de arranjar.
Beijocas,

P.S. Adoro o teu blog, mas eu que não sou "bloguista" nem conseguiria ser pergunto: não te estarás a expor excessivamente? A tua vida, os meninos o sítio onde moras?
Desculpa a pergunta, quer no fundo fica também para todas as tuas "ciber friends".
Eu, por exemplo detestaria ver a minha vida, os meus filhos assim expostos a pessoas que poderiam não me compreender, não saber como eu verdadeiramente sou e sinto.BRRR!!!!!
Mais uma vez peço desculpa por levantar esta questão, mas preocupa-me que quem lê o um blog/diário como o teu possa não perceber bem a pessoa espectacular e bem formada que está por trás dele.
Beijocas,