>

quinta-feira, 12 de junho de 2008

E Foi Assim no Hospital ...

(foto retirada)

Ontem lá fui ao Hospital. Antes de sair de casa, telefonei para o Hospital de Santa Maria a perguntar se poderia deslocar-me lá, em vez de ser ao Torres Vedras, pois este tem sido o meu Hospital de referência quer para mim, quer para os miudos, para além de ter sido lá que eles nasceram, e de eu já conhecer as instalações, coisa que não acontece com o de Torres Vedras.

Permitiram o atendimento, e assim, lá fui a caminho do HSM. Ao relatar a situação mandaram-me logo entrar, mas, estranhamente aguardei largos minutos à porta da triagem pois não estava lá ninguém. Escusado será dizer que mais uma vez me deparei com as "difuldades" do nosso sistema de saúde, mas vou-me abster de as relatar.

Quanto à Rita lá foi atendida, devidamente observada, e estava óptima. Pois isso sabia eu, pois a Rita a caminho do Hospital ia feliz e contente, a cantar dentro do carro. Quando liguei para o saude 24 fi-lo pois tinha equacionado a hipotese de se tratar de uma ligeira epilepsia .... mas a médica descartou essa possibilidade, se bem que, embora pensasse que ela apenas tinha essa reacção por uma questão nervosa, aonselhou o contacto com a Neurologia para marcar uma consulta. E é isso que eu vou fazer. Relatei á medica que eu quando tinha dois anos, sempre que era contrariada desmaiava, e após vários exames concluiram que se tratava do Espasmo do Soluço associado ao choro, uma questão puramente nervosa, e de reacção à pressão, que, segundo a minha mãe, a minha avó exercia sobre mim, pois levava os dias a chamar-me a atenção para que não fizesse ou mexesse em alguma coisa.

Contudo, a Rita não é uma criança nervosa como eu era, ela é calma ... pelo que me parece estranho reagir assim. O que é certo, é que é sempre a seguir ao choro ... que o ataque acontece ... e segundo a médica trata-se de desmaios, pois independentemente de ficar de olhos abertos, não tem reacção e não se recorda do que se passou, afirmando mesmo que não me houve a chamar por ela ... pois desmaia mesmo!

Agora tenho que aguardar duas semanas pois o Sr. Dr. que faz a triagem de neurologia foi de férias!!!!

Não estou excessivamente preocupada, embora esteja consciente que estes desmaios não são normais ... até porque, não me posso esquecer que durante os ultimos meses de gravidez foi detectado que a Rita tinha os ventrículos cerebrais em Bordeline ... ou seja se evoluissem mais ... estariamos perante um bébé com hidrocefalia.

Graças a Deus, não houve evolução ... e após grande insistência minha (registaram no livro de saude, que realizavam o exame por ansiedade materna), lá realizaram uma ecografia ao cerebro da Rita quando ela tinha apenas 8 dias e estava tudo normal ... mas agora, ... com estes episodios não pude deixar de me lembrar desta fase menos boa da minha vida. Por isso, só vou descansar quando à Rita forem realizados todos os exames que me ilucidem o que de facto se passa com a minha filha ... porque Espasmos do Soluço com uma criança tão calma .... não sei, mas não fiquei muito convencida!!!

3 comentários:

Patricia disse...

Tudo há-de correr bem... é preciso é teres calma...

bjs e as melhoras

Teresa disse...

Olá Filipa, fiquei a saber dos episódios da Ritinha e acho que deverias de facto consultar um especialista. Embora como dizes que volta rapidamente ao normal, sempre ficarias mais descansada se pudesses comprovar que não existe nada de grave, certo? O meu irmão fez crises de epilepsia na infância e posso dizer que ás vezes os sinais passam despercebidos. Pena é que vivas tão fora da minha zona porque poderia falar com o médico do meu filho que é neuropediatra nos hospitais de Coimbra e tenho a certeza de que faria uma consulta á tua filhota. mAS, NADA DE ALARMES,OK? Tudo de bom e festeja os Santos que o tempo parece que vai ajudar ao arraial! Bjs

A mamã disse...

oh não fazia ideia desta tua situação
acho que não te deves afligir ,mas sem descuidar deves mesmo ver o que se passa
mil bjinhos
paula
cada vez mais afastada da net no trabalho:-(