>

sábado, 17 de janeiro de 2009

É uma VERGONHA

Eu nem sei muito bem por onde começar este post, mas sinto vontade de gritar para a Blogosfera que me sinto indignada, e por isso cá vai!! Acho que a blogosfera é fantástica, é um canal previligiado de troca de experiências, e quanto a mim, uma forma de aos poucos, irmos ganhando amizades. Contudo, é também uma forma arriscada de nos "entregarmos" aos outros.

Quando criei o meu Blog fi-lo com todo o carinho. É um cantinho que estimo, em que todos os dias invisto com ternura, e é com satisfação que abro as portas deste espaço a todos quantos aqui quiserem vir. Já fui acusada de expor demasiado a minha vida privada, critica essa que naturalmente aceitei e com a qual concordei. É um facto, mas também é verdade que o faço de forma consciente, pois não gosto de relatar as situações por meias palavras. Este Blog é quase como um diário, onde partilho as alegrias e tristezas, o que faço bem e o que faço mal. lendo-o será naturalmente perceptivel para todos que tipo de pessoa sou. Sou naturalmente como muitas outras, nem mais nem menos, sou uma pessoa comum, detentora de qualidades e defeitos.

Ao Blogar, fui criando laços afectivos com muitas pessoas que visito virtualmente, e que fazem também o especial favor de vir ler o que escrevo. Posso com toda a certeza afirmar que me sinto amiga de alguns deles. Preocupo-me se não estão bem, penso no que poderei fazer para os ajudar, e faço questão de lhes demonstrar que estou aqui, sempre disponível para os ajudar.

Hoje sinto-me triste, pois é com muita indignação que constato que a Blogosfera pode ser muito pior do que aquilo que eu pensava. Sei naturalmente que por detrás de um Blog, pode existir uma qualquer pessoa que por doença ou falta de escrupulos, se pode fazer passar por qualquer outra.

Sei que isso já aconteceu por algumas vezes, como por exemplo no famoso Blog da Constança, que cinicamente se fazia passar, por quem afinal de contas não era. Sei que é um risco, mas penso que um Blog, ou a Blogosfera não pode ser utilizado como arma de arremesso contra quem não gostamos.

Na Blogosfera, contrariamente ao que acontece na sociedade civil, tudo é mais fácil. Os blogues não nos são impostos. Só visitamos os blogues que queremos, e só lá voltamos, se duma certa forma nos sentimos próximos da pessoa que o escreve, ou dos relatos que nos faz. Oferece ainda aos mais timidos ou cobartes, a possibilidade de discordarem do que lêem, e deixarem comentários por detrás de um simples "Anónimo" ou de um Nome Falso. É fácil, pois não cria o embaraço (para alguns) de darem a "cara" e de se responsabilizarem pelo comentário deixado.

Agora embora sendo fácil, será que tudo é permitido?
Será que podemos permitir que quem venha ao nosso Blog, seja ele publico ou privado (sendo mais grave neste ultimo) utilize o que escrevemos, para não só criticar, mas para apregoar e tentar convencer outrem de que não prestamos?

Muitos dos que me lêem sabem a que me refiro. Não vou sitar nomes nem endereços dos Blogues, mas creio que o que se está a passar é uma autêntica vergonha!! A pessoa ou pessoas, que está(ão), a criar esta onda de censura e difamação nunca antes vista, é concerteza uma pessoa reles e ressabiada, que não tem coragem para resolver os seus litigios e por isso optou por difamar outrem. Mas desceu tão baixo que até coloca o marido, filhos (crianças) e familiares da pessoa visada ao barulho, chegando ao cumulo de se afirmar disponível para facultar dados pessoais da pessoa, para todos quantos os queiram. Mas afinal, onde é que nós chegámos? Isto é perfeitamente ridiculo!!! É vergonhoso e revela todo o seu mau caracter.

Mas se é verdade que a história me indigna, também não deixa de ser com surpresa que verifico que muitas pessoas permitem que nos seus Blogs essa calunia se propague!! Não há possibilidade de apagarem esses tristes comentários por forma a não contribuirem para o espalhar desta triste historia? Eu penso que sim!! Esta seria talvez uma via de frustrar as intenções desse triste sere que tem o descaramento de fazer da Blogosfera uma arma de arremesso, tentanto utiliza-la ao pretender vingar-se de algo que lhe foi dito ou feito, e de que não gostou.

Quanto à visada, é uma pessoa que nunca vi pessoalmente, mas que me merece toda a consideração e respeito. Gosto dela, sempre se manifestou cordial e educada e nunca me ofereceu razões para duvidar que os seus relatos fossem verdadeiros. É que mesmo que não o fossem, embora sentindo-me enganada, não me daria o direito de apregoar pela blogosfera, o que se passara. Era algo que concerteza partilharia com os que me lêem, mas não faria disso uma forma de propaganda gratuita.

Acho por isso que cabe a todos e a cada um de nós, não alimentar esta história, não permitindo que alguém de maus intimos utilize os nossos Blogues para a propagação de um história tão absurda e ridicula como esta!! Pronto já disse!!

16 comentários:

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá Filipa, obrigada por expores esta situação que eu frequentemente apelidei de lamentável...não tenho palavras porque, para mim, os babyblogs são (ou deveriam ser) um espaço de criação de laços de verdadeira amizade, companheirismo e valiosa troca de experiências. Perante esta calamidade (porque é uma calamidade), sinto medo, confesso. Porque a Internet é um local onde "falamos" e conhecemos pessoas fantásticas (e tu própria és um exemplo disso) mas, ao mesmo tempo, é um sitio habitado por pessoas que, pura e simplesmente, não têm mais nada que fazer a não ser atormentar a vida dos outros...sim, é uma vergonha, acho que é o adjectivo mais correcto...desejo que tudo isto passe o mais depressa possivel porque, francamente, não gosto nem nunca gostei de ambientes de cortar à faca como este que se está a viver nos últimos dias...
Mudando de assunto, espero que tu e os teus filhotes estejam bem.
Beijinhos, Sofia,Pedro e Joana

Mae Princesa disse...

Obrigada pelo apoio amiga...Eu nem sei o que dizer a não ser que há muitas pessoas MÁS, na blogofera e na vida real, mas já tomei providencias!
Beijinhos grandes para ti!

Susana Pina disse...

Ontem também tinha o mesmo comenário no meu blog, mas imediatamente o apaguei. Também não sou de guerras e custa-me tudo oq ue se tem passado, mas sinto-me triste da Sara me ter retirado o convite para entrar no blog, porque embora discurdásse de alguma opinião dela, ela fez questão de discordar no meu blog e eu não apaguei o comentário e quando com todo o respeito lhe deixei um comentário no blog sem nada de mal, ela simplesmente retirou-me o convite. Tenho pena, mas é de seu direito.
Agora amiga, quanto a ti, deixas-te agora mesmo um comentário no meu blog, mas em resposta a outra anónima que me anda a incomodar e eu como apaguei o comentário dessa fulana, agora o teu comentário como estava na resposta dela não aparece visivel no blog. Tenho-o guardado, mas não consigo publicá-lo. Será que posso pedir para voltares lá e deixares uma forcinha aqui à nina???????

Bjs grandesssssss e obrigada por seres a pessoa que és...e uma blogueira de 1ª
Susana

Sandra e Dinis disse...

Nao sei o que se passa ou passou!
Mas se é assim como contas. É mesmo para fazeres um post deste!

há pessoas que só pensam em fazer mal às outras pesoas, o que é k ganham, afinal de contas?! Paz de espirito é k nao é de certeza!

Tb ainda esta semana houve um comentário anónimo k me aborreceu. Até estava para responder à letra. Mas depois... pensei que era pior. Era dar ouvidos à pessoa mesquinha que resolveu dizer k coloco o meu filho acima dos outros! Por mostrar as habilidades dele.

Nem vale a pena ligar, compreendes!

Bjs e bom fds.

Mara disse...

Olá, vim aqui ter através do blog da Liliana (coisinhas da Lili) e não consegui ficar indiferente às tuas palavras. Apesar de ter simplesmente ignorado esse tipo de comentários, que também chegaram a alguns post meus, fui-me apercebendo do impacto que estava a ter com consequências desagradáveis para pessoas de blogs que visito regularmente. Infelizmente há pessoas que se divertem desta maneira e neste mundo virtual é muito difícil saber quem é quem... às vezes só mesmo pondo o nosso instinto a trabalhar para tentar perceber quem merece a nossa atenção...
Aproveito para te deixar um beijinho e voltarei mais vezes para te visitar.

Noc@s disse...

Efectivamente há muito boa gente sem nada para fazer... Estas coisas deixam-me é cheia de medos e receios...
Jocas preocupadas

Anónimo disse...

Olá Filipa

Não podia ficar indiferente ás tuas palavras, tens toda a razão

Eu pouca vezes comento mas gosto muito de visitar o teu cantinho, gosto da maneira como escreves és muito sincera, muito direta, uma grande mãe e mulher.

Continua sempre assim beijinhos gabriela

Anónimo disse...

ola filipa não sei o que dizer realmente a pessoas capazes de tudo.beijinhos angelina

nflag disse...

Há pessoas que não têm mais nada que fazer entao decidem chatear quem realmente vive a vida ;)

Beijinho**

Tudo o que eu sonhei! disse...

Olá, bom dia,

Não sei exactamente qual a polémica de que se fala mas, de uma forma ou de outra entendo os blogs como caminhos para novas, ainda que virtuais amizades.
Muito agradeço pelo apoio que todos, tão carinhosamente deixam no blog do Sérgio e, até agora sinto-me acarinhada e compreendida.

Aqui deixo a minha indignação por qualquer comportamento como o descrito pela Filipa. A vida é tão dificil...por mim tento aproveitar cada bom momento.

Um beijo a todos,
X

EA disse...

a blogosfera é a vida real :)
ha de tudo, tal como tu, exponho-me frequentemente, a minha vida é um livro aberto!
beijinhos querida e ainda bem que há pessoas como tu que querem acabar com essas ervas daninhas!

beijos mil

MamãdaDiana disse...

Não sei o que se passou! Mas pelo que escreveste, vejo que te deixou revoltada.

Existem pessoas muito más, mesmo muito!Não sei, enfim...!

Bjinhos grandes

susana disse...

Olá Filipa.
Não sei se o caso que relatas se refere a um comentário que li há uns dias sobre a opinião de uma pessoa relativamente a determinado tema. Qualquer das maneiras, quer seja, quer nao seja, acho que tens toda a razão. Como já disse várias vezes não tenho nenhum blog, mas gosto de visitar alguns e acima de tudos acho essencial que haja respeito pelo que as pessoas escrevem e pela sua opinião, independentemente de concordarmos ou não com ela.

Espero que os teus filhotes e rstante família estejam bem. Desculpa agora não "passar" por aqui tantas vezes como antes, mas realmente a falta de tempo tem sido imensa

Um grande beijinho e Parabéns pela tua transparencia!!
Susana

Patricia disse...

Olá Filipa, realmente não sei a situação que referes... é por coisas assim que optei por não permitir comentários anónimos no meu blog, mas sei que alguém de má fé poderá criar um e-mail e assim poderá comentar tudo.
é triste o que acontece, mas já sabemos que é um dos pontos fracos, ou menos bons, da blogosfera.
devemos estar mais atentos, pois situações como essas acontecerão sempre.

uma beijoca GIGANTE para todos

Liliana disse...

Bem pelo que li parece que estamos todos a falar do mesmo comentario que circulou pelos blogs e tambem pelo meu, nao percebi muito bem o porque daquele comentario, ate pk a fulana nada tinha a ver c a vida daquele casal(se e que e deste assunto que estamos a falar), agora nao sabia e que andava a tentar "difamar" a Sara...nao tinha conhecimento do que esta situaçao estaria a dar, mas vou JÀ apagar aquele comentario que no meu caso nao foi anonimo mas sim assinado por um nome que nao sei se e ficticio ou nao..

Cláudia disse...

Conheço o caso e apoio a Sara a 100%.

Vim só deixar a minha assinatura neste post.
Um bj grande

:))))