>

terça-feira, 17 de março de 2009

Notícias Dele (post enorme)

Ontem quando estive com o André, fomos até à porta de casa da minha mãe para que ela visse o Diogo. Mas como ela não estava, um vizinho informou que a minha mãe tinha acabado de sair, e quando ela regressou, contou-lhe que o André tinha lá estado .... esse desencontro deu assim azo a que ela à noite me telefonasse!!!

Resumindo:

A 01 de Janeiro o André apresenta-se na casa a minha mãe na companhia de um casal (os pais da namorada) que informaram a minha mãe que o vinham entregar, pois ele estava lá há 1 mês e meio (afinal ele não estava lá desde meados de Janeiro), e como eles têm uma casa muito pequena não o poderiam manter por lá. A minha mãe recusa recebê-lo e manifesta ao casal estranheza, por eles terem acolhido em casa um adolescente que eles não conheciam de parte nenhuma.

Aproveitou então para fazer o necessário enquadramento histórico do André, recusando-se veememente a ficar com ele, pois a ultima vez que o acolhera, a vizinhança teve de chamar a polícia tais eram os nomes obscenos que o ouviam chamar à avó, e os gritos desta a apelar por socorro!! Segundo a minha mãe ele ameaçou-a de morte por 2 vezes, e dirigou-se a ela de punho fechado para a agredir, motivo pelo qual não suporta mais a convivência com ele.

O casal começa assim a alegar a falta de espaço para ficar com ele. Fundamentaram o seu acolhimento, como sendo a forma que encontraram para manterem a filha em casa durante a noite, para que ela não andasse atrás dos rapazes (aqui eu já começo a ficar petrificada). Mais, como o irmão da menina tem uma deficiência e a irmã, impaciente agride-o, com a presença do André têm conseguido apaziguar os irmãos, pois o André impõe respeito (nem comento)!

Mas o problema, era a falta de espaço!! Às tantas, a minha mãe (como sempre) começa a dizer, que o máximo que poderia fazer, era ajudar nas despesas que ele daria ... pois lá em casa não o queria (no fundo prontifica-se a pagar para não o aturar).

Assim, o casal começa a dizer que para o terem lá, queriam 200,00€ (supostamente o valor que ele pagava no quarto que alugara, se bem que eu já tinha ouvido falar em 175,00, mas enfim). A minha mãe disse que isso não pagava, e que o máximo que poderia dar era 100,00€!!! Ora assim, ultrapassou-se num instantinho a alegada falta de espaço!!!

O casal disse ainda que mantinham a situação ATÉ ele continuar como namorado da filha, pois assim que se deixassem, não o queriam lá!!!

A minha mãe alertou ainda, para a consciência que era necessário todos terem, (nomeadamente os pais que saberiam concerteza que eles tinham um relacionamento sexual, mas a mãe da menina, afirmou nada ter a ver com isso, e se ela engravidar é para "deitar abaixo" (só esta expressão diz tudo!!!, ou seja, metodos de prevenção são ignorados)!!!

Assim, lá foram todos para casa, com os 100,00 que asseguravam as despesas do André durante esse mês. E as despesas referem-se a uma refeição (jantar) já que desde sempre, ele saía com a família da namorada para a rua às 07:00 da manhã, andando todo o dia sem comer e a passear-se na rua!! A Senhora queixou-se ainda, que ele comia dois bifes ao jantar (porque será?) e que ele os põe tontos, tal é a inquietação que demonstra (a hiperactividade a fazer-se notar)!!!!

Entretanto, ele arranjou trabalho num estabelecimento comercial. Ao fim de 3 dias de trabalho, e ao jogar à bola, fracturou um dedo do pé, o que o obrigou a meter baixa durante 3 dias. No dia que regressou a trabalho, informa a minha mãe que tinha sido despedido, pois o patrão não terá aceite bem a sua ausência ao trabalho. A minha mãe (já desconfiada) liga para o patrão, tentando confirmar se a motivação tinha sido essa, e eis que o patrão responde: Minha senhora, a motivação não foi essa. A motivação foi aquilo que ele andava a fazer, e que a senhora por certo não saberá. A minha mãe pediu ao Sr. se não se importava de concretizar, mas este disse que não o faria, pois não lhe queria dar um grande desgosto!!!!

Uns tempos depois (talvez semanas) o pai da namorada arranja-lhe trabalho para o Macdonald´s, e eis que outro drama ele apresenta. Como é que eu vou trabalhar para Lisboa se não tenho passe?

Lá está, estes argumentos são apresentados somente à minha mãe!! Então ele anda sempre com a senha do passe falsificada, movimentando-se assim para todo o lado, e agora que é para ir trabalhar já há problemas? Enfim, isto faz-me recordar os 5 investimentos que tivemos de fazer para 5 trabalhos diferentes, e ele em todos trabalhou poucos dias, e nós ficamos com despesas de passes, fardas e alimentação, pois quando se ia receber os dias que trabalhara aproveitava para fugir de casa aparecendo só depois de ter gasto todo o dinheiro ... ficando nós com o prejuízo do investimento!!

Mas a minha mãe (para não variar foi na conversa) e comprou-lhe o passe!!!

Ele foi trabalhar 2 dias ... e veio-se embora com o argumento que o trabalho era muito e o dinheiro pouco!!!

Entretanto chegámos ao fim de mês de Fevereiro e como ele não tinha trabalhado, não tinha dinheiro para pagar a estadia de Fevereiro aos pais da namorada!!
E assim começam os pais da namorada a telefonar para a minha mãe, dizendo que sem dinheiro não havia estadia (isto para mim é surreal) e que para além disso havia 40,00 de despesa extra (relativa à medicação e custos associados a ele ter quebrado o dedo do pé). Assim sendo, a minha mãe efectua mais um pagamento de 140,00€, alertando que seria a sua ultima comparticipção!!!

Chegámos ao final de Fevereiro, e trabalho não havia, pelo que os pais da namorada dizem-lhe que então ele tem de se ir embora, e ele sem ter para onde ir, e sem trabalho, ora onde havia ele de ir bater? Claro que à AVÓ!!

Lá foi, mas não sozinho, levou com ele a mãe da namorada, e os dois lá conseguiram convencer a minha mãe a entrar não só com a renda (100,00) mas a mãe, alegou que os meninos foram-se pôr sem autorização a navegar na internet e receberam uma conta com um acrescimo de 70,00 em relação ao que era habitual, achando a senhora que quem tinha que proceder ao pagamento da mesma era a minha mãe ... e não é que ela pagou!!!! (eu fico parva)!!!!

Mais, assim que a minha mãe aceitou ela abre da mala e tira uma folha em branco com o NIB de uma conta pata a minha mãe efectuar a transferência ... e ela efectuou, e só depois teve o cuidado de ir ao banco ver se lhe confirmavam se o NIB era relativo a uma conta da senhora ... e era!!!

Agora pergunto eu, isto não pode ser perigoso? fazer transferências sabe-se lá para o NIB de quem???


Mais uma vez a minha mãe garante que é a ultima vez que lhe paga o que quer que seja, pelo que o André começou a procurar trabalho, mas mais uma dificuldade .... é que inscrevia-se nos vários estabelecimentos de restauração, mas entretanto tinha que deixar o numero de telemóvel da namorada, pois ele não tinha um dele, e para além do mau aspecto de ser a namorada do candidato a emprego a atender, a namorada não tinha "tino" para ficar com os recados .... e qual a consequência? naturalmente ele até estava cheio de vontade de trabalhar, mas assim perderia oportunidades de trabalho!!!

E o que é que acontece? Claro que a avó vai-lhe comprar um telemóvel, para que ele não argumentasse a falta de trabalho pela impossibilidade de o contactarem (isto é ou não é uma novela?)

Começou assim a trabalhar a semana passada. Ontem estive com ele no local de trabalho e assim confirmei que este trabalho era real, não sabia era por quanto tempo!!!

Soube toda esta "história" ontem ao telefone em conversa com a minha mãe!! Uma primeira conversa após 14 meses de silêncio!!!

Hoje, volta a tocar o telefone ... era a minha mãe a actualizar ao notícias (ou seja, a tal pressão e os enredos quando me dou com os dois, não têm fim, e põem qualquer pessoa à beira da loucura), ou seja, acho que vou ter que colocar redia curta nesta aproximação!!!

Relatou-me então o seguinte:

André ligou-lhe hoje a meio da manhã muito nervoso (ah, afinal o andré consegue fazer chamadas telefónicas, mas quando é para mim é sms, ok), disse-lhe muito nervoso que precisava da ajuda dela, pois tinha sido assaltado. Dois romenos foram ao café e pediram 2 cafés. Quando foram a pagar, apresentaram uma nota de 20,00, e quando ele ia a pegar na nota, eles fugiram com nota. Ele ainda foi a correr atrás deles, mas eles fugiram!!

Depois, ele telefonou para a supervisora, mas ela diz que não quer saber disso para nada, e que ele (o André) amanhã tem de aparecer com os 20,00 senão é despedido!!
Assim, pede encarecidamente à minha mãe para lhe emprestar os 20,00, pois até tinha sugerido à supervisora, descontarem-lhe no fim do mês, mas ela está irredutível, quer o dinheiro já amanhã!!!

A minha mãe diz-lhe ao telefone que lamenta, mas que não lhe empresta nem um cêntimo.

Umas horas depois foi ter ao café onde sabe que a avó vai a determinada hora, para a convencer a emprestar-lhe o dinheiro, mas agora, já não pede 20,00, mas 10,00!! Quando a minha mãe lhe pergunta o porquê da diferença, ele alega que entretanto não registou uns cafés e já ficou com 10,00, pelo que só precisa de 20,00 (Socorro, que anda tudo louco).

A minha mãe disse-lhe que não, que está cansada, que não quer contactos com ele, que ele está por conta dele, blá, blá, blá ... pelo que entra o esquema da chantagem emocional ... então tu vais deixar que eu perca o emprego por não me emprestares 10,00? (tipico no André)!! A avó mantem-se irredutível, pelo que ele continua ... olha que não tendo trabalho, não tenho como pagar a estadia, e não pagando a estadia eles põem-me na rua ... e não me queres a viver na rua, pois não? LOL .... eu tenho que me rir para não chorar!!!

DEpois da minha mãe me contar isto, com a sua tipica indignação eu disse-lhe que parasse para pensar!! É que a história nem sequer faz sentido. Se os romenos iam a pagar com 20,00 e tiraram-lhe a nota, então para que se dariam ao trabalho de fazer de conta que iam pagar ? e depois mesmo tendo acontecido, se fugissem com a nota a nota era a deles, pelo que ficariam a dever, não 20,00, mas sim dois cafés!!! lol

Ah, pois é, diz ela, eu nem tinha pensado nisso!!!

Ai .. estou cansada, destes enredos. isto é só historias da carochinha que servem para nos desgastar a cabeça e os neurónios e nos porem completamente cansados. nada disto faz sentido e por isso é tão revoltante e tão complicado de se lidar.

Quando faço estes relatos, dou comigo a pensar que quem os lê, deve começar a pensar que há aqui qualquer coisa estranha ... pois de facto, segundo os mesmos eu vivo rodeada de gente que padeçe de patologias psiquiátricas, mas eu juro-vos que isto é estupidamente, a mais pura das verdades!!

Há leitores deste Blog que me conhecem pessoalmente, a mim e à minha família que podem confirmar que infelizmente o meu irmão mais velho e o meu filho ... são iguaizinhos só diferindo na idade, e isso é assustador!!

Agora deparo-me com outro problema. É que a minha mãe quando não tem o neto mais velho do seu lado, quer ter a filha e os netinhos e por isso, já tenho o telefone a tocar por 2 dias consecutivos ... mas a bem da verdade, eu estou bem mais sossegada sem a ter por perto, pois só sabe relatar a violência doméstica de que é algo, dos milhares de euros que já gastou com ele, dos insultos que ele lhe proferiu, dos inumeros apelos à policia!!! Cansa-me!!!

Depois, fica com saudades do neto, fica com pena dele, acredita nas promessas de mudança e decide dar-lhe mais uma oportunidade. Esconde-me esse facto, enche-o de regalias, facilitismo, encobrem-se um ao outro ... e o ciclo começa novamente ... até que eu descubra que mais uma vez, se uniram num compadrio que só leva à destruição do meu filho, mas que ela teima em não querer ver ... e zango-me à seria, afasto-me, recuso qualquer contacto, retiro com dor a faca que ambos me espetam nas costas e procuro forças para recomeçar a minha caminhada .... VOANDO PELA VIDA .... é assim à anos!!!!

22 comentários:

Mamã e Tesourinhos disse...

Amiga,
Nem sei o que te diga.
O teu sofrimento deve de ser enorme, veres um filho a auto-destruir-se e com a ajuda de quem o deveria "acordar" para a realidade.
Fica bem.
Bjs.

Isa disse...

Nem sei que te diga, tem paciência.
Beijos e força

Mamã da Rafa disse...

:(((
Amiga apenas te digo, que infelizmente entendo o teu sofrimento, assim como todos estes enredos, a minha falecida irmã, era assim, era cada história, e uma atras da outra, só que a minha irmã nem sequer trabalhava 1 dia ou 2 sequer, vivia do rendimento minimo, e os filhos tinha-os para obter ainda mais rendimentos do estado. Eu sempre ajudei os meus sobrinhos, quer com leite, fraldas, roupa e até dinheiro dei à minha irmã, sabendo bem no fundo do meu coração, que cada historia era uma mentira ainda maior que outra:((((
Não vou estar, a contar-te aqui "histórias" das quais me envergonho, até porque de nada adianta porque ela já faleceu. O legado dela, são os meus dois anjinhos, e esses sim, vou proteger, sempre porque não têm culpa de terem vindo ao mundo, por uma mãe negligente e mesmo egoísta, tirando do $ que ele lhe dava para leite e fraldas, para comprar droga para ela:(((
Sabes, no fundo a atitude dos meus pais, de irem viver para bem longe dela, foi de puro de sespero, e até entendo:(((
Alguem muito, sábio disse-me um dia "minha querida tu não podias fazer NADA pela tua irmã", e sabes, provavelmente não, estas pessoas, só elas se podem ajudar a elas próprias se tiverem força de vontade para mudar de vida, como óbvio:(((
A tua mãe, infelizmente coitada não está a "ajudar" mas entendoa-a perfeitamente, porque eu também caia sempre no mesmo erro, a chantagem emocional era tanta, que eu acabava sempre por ceder e dar-lhe $ que ganho a trabalhar:(((
Querida, muita força e coragem para ti, não sei que te diga mais, infelizmente:(((
Saio daqui a chorar, porque lembrei-me de tudo, ao ler-te:(((
Por vezes a vida, não é justa para com quem ama os filhos de verdade:(((
Lamento muito, do fundo do meu coração, rezo para que o teu filho consiga ver uma luz no fundo do túnel...


Beijinhos com todo o meu carinho

Mamã da Rafa disse...

Perdoa-me o desabafo que fizz no meu post de hoje, foi com muita dor e sofrimento que o escrevi:(((

Mamã da Rafa disse...

Querida, perdoa-me ter escrito sobre o que li aqui, não foi por mal, acredita que desejo tudo de bom para vocês...Meu DEUS!!!!

Sandra e Dinis disse...

Disseste uma verdade, o teu irmão e o teu filho são iguais!

Já viste o que aconteceu com o teu irmão, as coisas que ele fez no passado aos pais dele para ter tudo o k queria sem fazer nenhum!

Acho k fazes bem em não dar azo ao André, só arranja mais e mais esquemas para conseguir o k ele quer!

É muito complicado esta situação.

Muita força!

Bjs

Nós os cinco disse...

Ola
Olha nem sei que te diga...
Envio-te daqui um beijinho e um abraço de muita força!!!

Xana disse...

Depois de ter lido toda a tua história de vida fiquei perplexa e cansada e não foi certamente por ser extensa...
Nem sei o que dizer , há coisas que nunca se resolvem e isso é muito triste, apenas te deixo hoje uma grande abraço apesar de não nos conhecermos é mesmo de coração...acredita :)

Mamã da Rafa disse...

Querida eu é que peço perdão e agradeço, o teu carinho, se eu puder fazer algo mais por ti, estou aqui julianascimento52@hotmail.com

Beijinhos com todo o meu carinho

Força muita força!!!

susana disse...

Nem sei o que te diga :(
As histórias que ele te conta mais parecem do arco da velha e fico com a sensação que n gosta de trabalhar e que quer é viver á custa dos outros( nesse cas o tua mãe),desculpa a franqueza mas é o que penso ao ler a tua história.

jokitas

Anónimo disse...

Filipa não sei o que diga é verdade que é uma situacão muito complicada. beijinhos angelina

A mamã disse...

oh minha querida
oh minha querida
:-((((((
beijos amiga e força!!!!!!

Ana Guida disse...

ola filipa! eu sigo o teu blog ha relativamente pouco tempo e em relaçao ao andre, parece-me k n devo saber nem da missa a metade acerca daquilo k ele ja fez...ele conta muitas historias mal contadas e eu imagino o k ja deves ter sofrido p causa dele...pq é teu filho apesar de tudo...axo k nao merecias passar por tudo isto :(

beijos grandes!*

Patricia disse...

eu nem sei o que te diga... mas isso parece uma telenovela de má qualidade da TVI....

beijos grandes

EA disse...

esse rapaz precisa urgentemente de um apoio psiquiatrico, pois é um mentiroso compulsivo, n é normal que com essa idade seja tao manipulador e capaz de inventar historias do arco da velha :(
que porra ... olha trocamos, mandamos o andre para a minha mãe e tu ficas comigo? que tal hhiihiih
bjinhos minha querida e mta força!

Kelly disse...

Sinceramente amiga...parece uma telenovela de mau gosto...
Esse casal cá para mim estão a tentar roubar a avó do André com a conivência dele...
É de doidos... Sinto muito que tenhas que passar por isso...

As Minhas Pinxesas disse...

Um beijo enorme e muita força.
xana

mamie2 disse...

Beijinho Filipa!

Susana Pina disse...

Infelizmente assisti e ainda assisto a um caso identico na minha familia. Um primo direito a quem sempre considerei irmão, que está com 49 anos, sem nada, nem mulher, nem filhos, nem casa, nem nada. Sem empregos certos, vive com a mãe e o padrasto que cedem a todas as chantagens dele com o intuito de exturquir dinheiro para o vicio do jogo, e eu, quase que cai também por várias vezes ou não fosse o meu marido abrir-me os olhos. Tamb´me fomos chantagiados várias vezes chegando mesmo a emprestar-lhe dinheiro que me vi aflta para o receber, e quase que era fiadora dele num emprestimo, se não fosse o meu marido...

É normal a tua mãe ceder, ela é avó, e provavelmente ainda acredita que ele se vai recompor na vida.
Tens que ter calma amiga, estás a braços com uma situação muito complicada, mas sei que te vais sair bem dela.

Um bj e um xi apertadinho
Susana

Maria disse...

Querida, desejo que tenhas toda a força do mundo porque ele vai ser sempre teu filho e estarás sempre sujeita a estas "novelas" :( E mãe que é mãe, naturalmente não consegue ficar indiferente...

Beijinho doce

Liliana disse...

Ai amiga, nem sei bem que diga...que ele e a fotocopia do Q. la isso é, tinha que herdar tudo o que aquele fulano tem de mau, podia ter herdado do outro mas nao...que a tua mae caia sempre na chantagem dele eu ate posso "entender", agora aqueles pais, nao batem bem pois nao?ou sera so impressao minha?o que eles devem querer e que a filha engravide, e nao acredito no deita abaixo, porque um bebe era a forma ideal para extorquir dinheiro a tua mae, e claro sendo ela bisavo o seu coraçao ia derreter-se mais do que manteiga...enfim eu so quero e que ele tome juizo, porque nao te quero ver a sofrer, porque tu nao mereces passar por nada disto minha querida

Beijinhos Enormes Amiga

Dri disse...

olá cunhada...
bem o André e o tio deviam juntar-se e escrever uns qts livros de gângster, umas séries para a televisão, um guião para Bollywood... qualquer coisa que lhes desse dinheiro (milhares de milhares; claro... só se contentariam assim...) e nos deixassem em paz... também tenho tido a minha cota de desgostos e sofrimento... quem sabe um dia as coisas mudam? talvez no dia de S. Nunca... pela parte da tarde... lolol... só te digo... o q ainda me vale são os meus "doidinhos"... beijo e força... nao desanimes.