>

quarta-feira, 11 de março de 2009

Desabafo

Desculpem o desabafo, mas há situações que me indignam e entristecem tanto que não há como não desbafar ... é aqui que limpo a alma e exorciso as minhas mágoas.

Hoje começo o dia com mais um sms do André. Levou o santo fim de semana a mandar-me mensagens querendo saber onde eu estava, pedindo-me para lhe ligar, etc.

Claro que para vocês o pedido de contacto é perfeitamente normal, e para mim também seria, se não fosse um abuso. O meu filho NUNCA tem dinheiro para me telefonar. O esquema é mandar-me SMS para lhe ligar a ele. Ora até podia ser normal se pensassemos que não trabalha e não tem rendimentos. Mas se não os tem para me ligar, porque será que os tem para estar dias a fio no café a consumir, e a pagar com notas "chorudas"?

Vai daí, e já cansada de lhe dizer, quem quem tem interesse em falar é que paga a chamada, que ele teima em não querer interiorizar, optei por não dar resposta (para bom entendedor meia palavra basta)!!

Sei que há já alguns dias, percorre 10 km de distância, 4 deles a pé, para ir ao restarante dos avós almoçar. Tem o cuidado de sair de lá, antes do pai chegar!!!! Tem o cuidado de telefonar aos avós ao fim da tarde, para lhes pedir um favor: dinheiro!!! E vai daí, à hora da minha sogra chegar a casa, está a espera dela para que lhe dê os 5,00 que lhes pediu.

Eu até nem nutro particular carinho pelos meus sogros ... mas isto já é abusar!! Então eles estão o santo dia a trabalhar no duro, o meu filho está no café a consumir, e depois ainda tem a lata de ir buscar dinheiro dos "galegos" que estiveram o dia todo a trabalhar, enquanto ele esteve na converseta no café? Isto não é normal!!!

Vai daí, hoje recebo um SMS a perguntar se estou zangada com ele!!! Lá lhe respondi que não, mas que estava triste por o ver sem rumo!! perguntou-me se estava triste por ele ir aos avós. Claro que tive de lhe dizer, que não era isso que me deixava triste, mas apenas o facto de o saber sem trabalhar, a passear-se pelas ruas e cafés e a continuar a pedinchar!!

A conversa via sms já me estava a chatear e decidi ligar-lhe.

Lá me disse que ia começar a trabalhar hoje, num part-time (só aos fins de semana, mas ia hoje????!!!!) mas que queria tirar o 6º ano, pois tinha ido ontem ao Dia da Defesa Nacional e nem na tropa podia ingressar pois não tinha o 6º ano.

Ai estou tão cansada desta lenga lenga!! Tive de o relembrar que levei anos a chamar a atenção para as várias consequencias de não ter estudos, a insistir para que tirasse pelo menos o 6º ano, que lhe abria a porta a uma panóplia de cursos tecnico-profissionais, inexistentes para quem tem apenas completo o 5º ano, pois para ingresso nos cursos, é como se tivesse apenas a 4ª classe, pois o 2º ensino básico está incompleto (pois só tem o 5º ano)

Ele não quis, não ligou, desvalorizou ... e agora todas as portas se fecham. Claro que para mim não é surpresa ... mas não posso deixar de ficar triste por saber que o filho perfeitinho que tive, fica inapto para a tropa por falta de instrução!!!

Eu que acho, que o que de mais importante os pais podem deixar aos filhos, não são bens materiais, mas sim conseguir muni-los de todas as habilitaçoes, para conseguirem cingrar na vida, e autonomizarem-se confortavelmente. Por isso mesmo, abdiquei de muito para tirar o meu curso, pois sabia que só com ele poderia marcar a diferença.

No meu caso pessoal, nos ultimos anos, não me tem valido de muito (profissionalmente) ... mas o meu saber, a minha luta, as dificuldades que enfrentei ao andar a estudar com um filho ao colo, faz-me sentir orgulhosa de mim mesma ... e com auto-confiança, que seria dificil tê-la se não tivesse apostado na minha formação!!

E ele? devo interpretar estes sms como um pedido de ajuda? e em que medida em posso ajudar se infelizmente não acredito nele? Tudo o que ele quer é dinheiro no bolso e liberdade, pois se de facto quisesse trabalhar, sujeitar-se-ia a trabalhar por 400,00€, que embora seja pouco, seria concerteza o suficiente para não ter de andar a pedinchar!!!

O que é que eu lhe faço? O que é que eu lhe digo? Relembrei-o mais uma vez que tudo o que temos dito que lhe iria acontecer se não seguisse os nossos conselhos, está a acontecer ... ele foi avisado milhões de vezes ... não acatou, e agora?

Sinceramente fico muito triste ... penso na decepção que é ... ver fecharem-nos uma porta na cara!! Eu lutei arduamente para que nunca tivesse que passar por nenhuma decepção dessas. Eu que tinha abandonado a matemática no 5º ano, fui estudar toda a matéria do 5º ao 9º ano, para que tivesse positiva, para estar à vontade no 10º ano e escolher a area de estudos, sem que nenhuma area me fosse interdita. E consegui ... e melhor, não precisei da matemática para nada, e ainda hoje sou um zero às esquerda, pois sou de humanísticas ... mas ver-me vedado algo por falta de uma qualificação que só dependia do meu empenho ... é que não podia aceitar!

Será uma questão de personalidade? talvez, mas a minha personalidade não me permite tem contemplações para com quem, com capacidades, decide conscientemente não se esforçar. A minha benovolência vai para quem, com menos capacidade se esforça! Esses sim merecem a minha admiração!!

Não sei mais que faça ... nem o o que diga ... pois tenho a nitida sensação que cumpri com o meu dever ... alertei para as consequências ... cheguei a oferecer-me para me sentar ao seu lado durante as aulas, para que assim se sentisse presionado a estudar ... não me foi concedido, mas eu tentei, como também não me posso esquecer das semanas que passei a fazer o resumo das matérias do 6º ano, das centenas de perguntas e respostas que lhe fiz para que se apresentasse no exame do 6º ano com a matéria na ponta da lingua, e só porque a ordem das perguntas do teste não era a mesma que constava nos apontamentos que lhe dei ... ele não respondeu a nenhuma pergunta, sabendo contudo a resposta ... e chumbou!!!

NÃO SEI MAIS O QUE FAÇA ... MAIS SEI QUE FIZ TUDO O QUE PODERIA TER FEITO, E QUE POUCAS MÃES (desculpem a falta de modéstia) TERIAM FEITO ... MAS TUDO ISTO NÃO DEIXA DE ME FAZER SENTIR TRISTE E IMPOTENTE!!!
Custa tanto vermos um filho que criámos com todo o amor e carinho ... assim!!

5 comentários:

mamie2 disse...

:((((
Compreendo-te bem! Mas a única coisa que te posso oferecer é a minha solidariedade.
E uma beijoca

O meu tesouro disse...

Um dia ele vai te dar razao e perguntar porque nao te ouviu kuando falaste com ele.
Custa muito ver eles assim,falo pelo meu irmao que a minha mae ainda hoje se preocupa com ele,e ele ja esta junto e com uma filha e nao ganha juizo.
Bjokas,mt sorte e paciencia

Liliana disse...

Amiga mais uma vez sabes que estou aqui a distancia de um monitor a distancia de uma chamada para falarmos linda, e sabes que te entendo, e sei como tudo isto e dificil, uma desilusao para ti Amiga...

so te posso dizer estou aqui Sempre Disponivel para Ti

Beijinho do tamanho do mundo

anocas disse...

É evidente que compreendo a tua angústia e preocupação de mãe.
Também sei que fizeste sempre tudo o que pudeste por esse filho e que mais não seria possível.
Nesta fase acho que ele anda simplesmente a ver quem pode "chular" mais um bocadinho... nem que para isso seja preciso apelar aos v/ sentimentos de Amor e Compaixão por ele!!
Sorry... sei que é uma opinião cruel e fria, mas...
Também eu desejo muito o dia em que veremos o André "direitinho": com um emprego, a estudar, a cumprir horários, a estabelecer regras, etc. Simplesmente cada vez mais julgo que esse dia está muito longe de acontecer.
Boa sorte!

teresa disse...

Pois! Sabes o que te digo? Quando temos um filho que não é o modelo perfeito que todos os pais desejam, um filho que em vez de alegrias só traz tristezas, em vez de orgulho só traz vergonha, temos de ser muito mães, para continuar-mos a Amar! E mesmo que não queiras admitar amas muito o teu filho: de outro modo não deixarias este post onde demonstras todo o teu receio, a tua indignação com as suas atitudes, os teus conselhos (não ouvidos) de mãe!Sei que é difícil mas enquanto amares assim, vais continuar a sofrer! Eu só te posso dizer que tenhas coragem, força e esperança, porque quando tudo falha, a única coisa que fica é o amor!
Beijinho