>

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

"Cadê" o brinco que eu não o vejo?

Ao princípio da noite olho para a Rita e vejo que sangra do lóbulo da orelha esquerda, onde desde o dia 24 de Setembro habita um brinco. O seu primeiro brinco. A cicatrização desde então tem corrido muito bem. Há 2 semanas tiramos os brincos por breves minutos afim de confirmar que estava tudo bem, e de facto estava.

Bom, tentei ver ao pormenor como estava a orelha, mas ela não me deixava, pois queria que o pai chegasse primeiro. Do pouco que vi, constatei que o lóbulo estava muito vermelho, com aspecto de infecção latente. Achei estranho pois à hora de almoço, altura em que me pediu para lhe dar um "jeito" aos phones do mp3, verifiquei que estava tudo bem. Mais estranho ainda, foi não conseguir visualizar a parte da frente do brinco (o brilhante).

Lá fomos a caminho do Centro de Saúde, que para variar abarrotava. Consegui chegar à fala com um enfermeiro, que gentilmente acedeu a ver a Rita, contrariando a regra de ter de ser vista pelo médico. A Rita estava apavorada. O ambiente hospitalar complica-lhe com o sistema nervoso, pelo que treme, chora, grita em perfeita histeria. Infelizmente a Rita não quis colaborar, não se queria deitar nem por nada, pelo que toda a intervenção teve que ser feita " à força" com 3 pessoas a agarra-la.

Foi duro, estar a ver o sofrimento e o desespero da minha filha, que gritava em desespero pela mãmã. O brinco de facto estava intacto .... mas completamente introduzido no lóbulo. Ainda estou para saber como é possível aquele brilhante ter entrado lá para dentro sem que ela e eu nos tenhamos apercebido (segundo o Enfº esta é uma situação frequente)!!!

Agora há que dar-lhe o Brufen durante 3 dias, limpar com sabão azul e branco e esperar que cicatrize!!! Creio que vai ser inevitável que o buraquinho feche, ficando a Rita muito "fashion" só com uma orelha furada!!

Passou o resto do serão bem disposta e fundamentou a histeria com uma saída que nos fez rir a todos: "Então o que é que querem eu julgava que me iam cortar a cabeça"!!!

Afinal, para quem estava convencida que ia ser barbaramente decapitada, até se portou muito bem!!! lol

9 comentários:

A mamã disse...

eheheeh tadinha mas teve uma saida engraçada
bjinhos e as melhoras rápidas
paula

Noc@s disse...

Ainda me estou a rir da saída dela! Estes miúdos têm cá uma imaginação... Fértil! Fértil! LOL
Jocas a gargalhar ;-)

Liliana disse...

Ola filipa

O que me ri com a saída da rita,lol, tadinha ela tinha razao para estar em histeria, mas sera que ninguem lhe explicou que nao lhe iriam cortar a cabeça, no maximo a orelha,lol(estou a brincar), mas realmente e frequente acontecer as crianças pequenas o que aconteceu a Rita, mas agora se o buraquinho fechar nao sei se a convences a ir la furar outra vez, deve estar ainda traumatizada, mas deixala anda toda punk so com um brinco,lol.

Beijocas boas

Anónimo disse...

ola filipa imagino o susto da Rita ainda muito corajosa foi ela eu se pensase que me queriam cortar a cabeça .mordia todos os que se quisesem chegar a mim.lol beijinhos angelina

Elisabete disse...

Mas como foi isso acontecer, Filipa?:)
Digo-te que a Ritinha foi uma menina mt corajosa, com o medo do k lhe poderiam fazer.
Agora, o imortante é k fike bem e depois logo se verá:)
Beijocas a todos

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, não há nada como manter o sentido de humor nestas situações!
Beijinhos e bom fim-de-semana para vocês, Sofia,Pedro e Joana

Susana disse...

O comentário da Rita para rematar toda esta situação foi hilariante!! As crianças têm sempre uma enorme capacidade de nos surpreender e fazer rir. Espero que a orelha sare brevemente e que ela não fique muito traumatizada e permita que lhe façam um novo furo.

Beijinhos,
Susana

Patricia disse...

e depois vai custar-lhe furar a orelha outra vez :(

bjs

Kelly disse...

tadinha....que coisa estranha!
E que imaginação fértil a dela!!!