>

domingo, 24 de agosto de 2008

Parabéns André


Ao meu filho André

É estranho … é muito estranho … mas cada vez mais tenho dificuldade em falar de ti … a mágoa é muita e por mais que eu tente … não se apaga. Gostaria de recordar este aniversário como sendo um dos dias mais importantes e belos da minha vida … não deveria ser assim? mas de facto, há 18 anos atrás, este foi o dia que marcou definitivamente a minha vida, que em vez de replecta de grandes momentos de felicidade e alegria, foram marcados, por uma imensidão de diálogos, carinho, afecto, discussões, mentiras, delírios e traições. Hoje, posso afirmar que não há um único dia em que não pense em ti, que não chore por ti, e que as interrogações não surjam.

Choro muito … em silêncio, tentando não dar parte fraca, mas a verdade, é que todos os dias da tua ausência matam um pouquinho de mim. Sinto-me muito triste e frustrada por não ter conseguido o objectivo de qualquer mãe …. ver o filho encaminhado para uma vida feliz, digna, honesta e estável.

A única certeza que fica de toda esta história, é que o amor que sinto por ti é tão grande, que por mais que me esforce, nunca consigo estar bem … a única forma que tenho para exprimir a minha dor é dizer que me sinto amputada. Essa é a realidade.

Seria bem mais fácil se me fosse possível esquecer ou apagar esta triste realidade … mas esquecer um filho é algo impossível de se conseguir!!! Sinto-me vazia … porque tu não estás …, não estás porque não queres, … não estás porque embora te tenhamos dado tudo, sempre estiveste num constante estado de oposição …, de descontentamento. Nunca soubeste o que querias, nunca te contentaste com nada … não sabes o que queres … nem para onde vais. Apenas te limitas a viver um dia de cada vez … procurando uma felicidade que não existe!!!!

Hoje, aqui, deveria ficar uma mensagem que transbordasse felicidade, mas não …. Hoje consigo apenas dizer-te, que te amo muito, e que gostaria que esta tua tão ambicionada maioridade te permitisse atingir a maturidade suficiente, para fazeres uma pausa e pensares seriamente na tua vida.

Penso que já brincaste demais com a vida, que já feriste quem te quer bem, que já viveste situações de limite, e por isso, é chegada a hora de pensares que tens um futuro pela frente, futuro esse, que depende das tuas atitudes presentes, cabendo-te a ti construi-lo com empenho, dedicação e esperança.

Viver é um privilégio que não deve ser desperdiçado, viver não tem segredos, basta-nos contar com saúde, família, amigos, sermos sérios, honestos, trabalhadores, leais, solidários, amigos, fieis, e penso que dessa forma, conseguimos assegurar o nosso bem estar, assegurar que enquanto cá estamos, seremos naturalmente estimados, queridos, respeitados, em suma, seremos FELIZES!

Era esse o meu objectivo … era fazer de ti um menino/homem FELIZ. Gostaria de ter em ti um Filho por quem eu sentisse uma profunda admiração e orgulho. Um filho Amigo e Leal, com o qual eu pudesse contar para os bons e os maus momentos. Infelizmente, isso não acontece, hoje és o filho, que me provoca desgostos e muita vergonha. Continuarei a amar-te com todas as minhas forças, mas continuarei indisponível para assistir à tua degradação. Estarei naturalmente aqui …. de braços abertos para te apoiar, mas para isso, é preciso que me convenças que de facto queres mudar!!!

E será que queres? Não ainda não … ainda não chegou a hora! Talvez um dia!!! Hoje, aqui te deixo os meus votos de um Feliz Aniversário, esperando ardentemente que se faça acompanhar duma visão realista da vida, de muita maturidade e responsabilidade, e que este possa ser o ano em que possas mudar radicalmente de vida.

Eu, por aqui continuo embrulhada no meu sofrimento, na minha falta de esperança, na minha luta contra o amor que sinto por ti, esperando que algum milagre aconteça.!!

Parabéns Filho e Muitas Felicidades!

6 comentários:

S.A. disse...

PARABÉNS ANDRÉ:

A partir de hoje adquiriste a maioridade!

Desejo que o teu caminho se ilumine e regresses para junto da tua familia, que muito te ama!

Desejo-te o melhor da vida! Muito amor, paz, alegrias e sucessos!!!

És um jovem LINDO, tens uma vida inteira pela frente... APROVEITA-A da melhor forma!!!

Concerteza que ela te reserva muitas e outras oportunidades de seres FELIZ!

Não te esqueças que a familia é o maior BEM de qualquer Ser Humano.

Tens a tua à espera! Junta-te a eles... no caminho da Felicidade!


Beijo mt especial p ti (um dia gostava de to dar pessoalmente)!

Tens uma mãe fantástica, que muito te ama e uns irmãozinhos maravilhosos que tive a felicidade e honra de conhecer há algum tempo atrás.

Não desperdices a oportunidade de viver o teu dia-a-dia junto de Seres tão maravilhosos, que tanto têm para te dar e ensinar!

Tu és um Ser Maravilhoso, mas jovem, que precisa ainda muito da sua familia e do seu amaparo.

Não queiras "caminhar" sozinho!!!

1000 beijinhos para ti, meu lindo menino/jovem!!!

Um Dia muito Feliz!


Sandra

Sammy e Mama disse...

Oh fiquei tao comovida com este teu texto que tenho um no na garganta!:(

Parabens Andre!Felicidades


***Desculpa...fiquei sem palavras:(

MamãdaDiana disse...

Ai...

Parabéns André! Parbéns pelo teus 18 anos... Qualquer pessoa gosta de os ter!

Tu não imaginas a sorte que tens!!! Tens uma suuuuuuuuper mãe... Uma mãe que está ali. Uma mãe que está disponivel... Se soubesse quantos jovens da tua idade gostavam de ter um momento assim de apoio...

Filipa:

Um graaande beijinho. ès uma mulher cheia de força. Revejo-me nas palavras do teu post, pois o que escreveste, é o que idealizo para a educação da minha Diana!
Parabéns também para ti neste dia, não deixas de estar de parabens!

Patricia disse...

Aproveito para desejar muitas felicidades ao André ;)

bjs

Belita disse...

Parabéns ao André e que tudo corra pelo melhor em todos os sentidos.

Um beijinho para o André e outro para ti super-mamã :)))

Anocas disse...

Ninguém consegue deixar de Amar um filho. Esquecê-lo então... impossível!
O melhor que se pode esperar é que o tempo e a distância nos possam ensinar a viver sem eles sem mágoa, talvez com menos dor, mas certamente sempre com um buraco no coração.
Resta-te saberes que ele está vivo e com saúde e pensar que para muitas mães isso já seria uma consolação.
Bem, acho que isto não te ajuda muito, mas uma dor tão grande também não se consola com palavras...
Neste momento tens a minha mão na tua...
Beijocas