>

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Notícias Nossas

Por aqui continuamos de férias!!! Não têm sido umas férias fantásticas, mas também não têm sido más. Nos ultimos dias temos-nos ocupado essencialmente do ingresso na escola dos miúdos.

Ontem tive reunião com a Educadora do Diogo, que é a mesma da Rita nestes dois últimos anos. Entretanto como os miudos estão todos deslocados (as escolas deles foram demolidas) anda tudo frenético sem saber muito bem como vão funcionar os transportes. Ontem mesmo, e uma vez que sou a representante dos pais (socorro, este ano não tive desculpas para me esquivar) tive de ir para a Camara ter uma reunião. Está toda a organização escolar envolvida e empenhada, mas as coisas não estão fáceis.

Hoje foi oficialmente o inicio das aulas, pelo que ainda me foi permitido estar toda a manha com o Diogo, andando com ele a entrar e sair da sala para poder acompanhar também a Rita que está naturalmente numa sala diferente.

A Rita adorou a escola, os coleguinhas e a professora. Já o Di, quando chegámos ao estacionamento começou a agarrar-se ao cinto da cadeira para que não o conseguissemos desprender, gritando em histeria: "EU NÃO QUERO IR PRÁ ESCOLA"!!!! Claro que acabou por ir, mas não se separou de mim, nem por um segundo. Amanhã .... ui amanhã vai ser aquele dia em que todos ficarão a conhecer, pelos piores motivos o senhor meu filho. É que ele a gritar, não é brincadeira, chora de uma forma desconcertante, e por mais que o queiramos acudir é quase impossível chegar perto dele, já que os gritos até nos fazem trepidar os timpanos, lol!!!

Entretanto, uma terrinha próxima encontra-se em festa, pelo que as saídas nocturnas têm sido uma constante com um obrigatório afrouxamento a partir de hoje, uma vez que a escola já começou e temos pelo menos de tentar, deitá-los relativamente cedo. Ontem estivemos a ver os Santa Maria, para delirio da Rita que acabou por dar nas vistas, pela forma, como coordenadamente dançava ao som das ritmadas músicas (o ano passado não saía do colo).

Paralelamente ao corropio dos ultimos dias, tenho estado a equacionar seriamente ingressar ao mercado de trabalho. A opinião do meu marido, é que não o deveria fazer, pois tenho estado sempre com os miudos, e que para eles seria uma mudança drástica. Ok, até percebo que possa fazer algum sentido, mas então que vou eu ficar a fazer sozinha em casa? É que estar com eles em casa não é bom, mas sozinha também não deve ser muito melhor. Estou farta de estar em casa, estou farta de não conviver, estou farta de não ganhar o meu dinheiro, e estou farta de pensar para que tanto estudei eu.

Claro que percebo que o melhor seria mesmo arranjar um part-time aqui perto de casa, que de certa forma me permitiria continuar a prestar assistência à Rita e ao Di, mas o sitio onde moro não é propriamente fertil em empregos, pelo que se estiver à espera da solução ideal ela pode nunca surgir. Haverá alguma "facilidade" em encontrar empregos para cargos que nada tem a ver com as minhas qualificações, mas quando as oportunidades surgem, conto com oposição do meu marido que me pergunta: "mas para que é que andaste tantos anos a queimar as pestanas?"

Percebo-o, respeito a opinião dele, pois sei que me quer proteger de situações que poderiam ser motivo de alguma frustração, mas eu em casa não quero ficar. Já parei tempo de mais, e estou prestes a fazer 36 anos o que é mais um factor agravante a juntar aos 6 anos em que não trabalhei.
Por isso ... estou cá convencida que a minha vidinha vai mudar ... e esta-me cá a parecer que será nos próximos dias. Depois eu conto as novidades.!!!!!!

5 comentários:

Lisa disse...

minha querida,

apoio.te imenso nessa tua resolução!
vai em frente ... concordo q 1 part time seria melhor :D
pelo menos para te ires adaptando!
acho que és licenciada em direito certo? portanto pq não fazeres algo relacionado com isso ... de uma forma low profile por enquanto! bjinhos :D

gabriela disse...

Olá Filipa
Espero que o Di se adapte bem á escolinha, hoje estou de coração partido com a minha neta, está a ser dificil a adaptação ontem e hoje não comeu nada de nada nem na escola nem em casa, chora que não quer ir para a escolinha, agarra-se ao meu pescoço a chorar e a dizer que quer ir para a minha casa, a minha filha anda de rastos e eu tento ser forte, mas não estou a conseguir hoje fartei-me de chorar, espero que melhores dias viram.
Com que então na festa eu sei bem onde é aquilo é 8 dias sempre a bombar.
Já me alonguei bastante beijo e resto de boas férias

mamã da princesa disse...

Pois... um part time sería o ideal!!!
O dia todo sozinha em casa não deve ser nada divertido, se bem que há sempre que fazer...
Mas é frustante uma pessoa andar a estudar e depois não o aplicar... sei o que isso é, para grande pena minha!
Espero, de coração, que o Di se adapte logo. Custa tanto deixá-los a chorar!

Beijinhos

A mamã disse...

axo que fazes muito bem ... apoiada a 100% :-)
BJS

Kelly disse...

Espero mesmo, mesmo que consigas e algo à tua altura!
Fico a torcer por ti!