>

quinta-feira, 23 de abril de 2009

O Di pode ou não ... sair à rua?


Como já tinha dito o Di começou hoje com varicela. Vai daí, e como tinha que ir buscar a Rita ao JI, peguei nele, meti-o na carrinha (que estava na garagem) e saímos. Estacionei o carro à sombra, e o Di permaneceu lá dentro, com o vidro semi aberto a poucos metros da escola, e lá fui buscar a Rita.

Comuniquei á professora que a reunião que tinha agendado com ela para esta tarde, teria de ficar para outra oportunidade, pois o Di estava com Varicela. Com esta afirmação, as mães dos coleguinhas da Rita afirmaram-me que o Di não poderia sair à rua. Eu aleguei que ele nem sequer passa pela rua, pois entra e sai na garagem e fica dentro do carro. Alertaram-me para ter cuidado, pois os filhos que também estiveram recentemente com varicela também não o puderam fazer, pois segundo a informação prestada pela Saúde 24, as crianças correm um sério risco de apanhar uma meningite ou pneumonia.

Assim sendo, isso inviabilizaria a Rita de frequentar o JI, uma vez que não tenho ninguém, ou que vá buscar e levar a Rita à hora do almoço, ou alguém a quem deixar o Di.
Simpaticamente tranquilizaram-me oferecendo-se para ma virem trazer e buscar.

Contudo, e embora saiba que as crianças devem ficar por casa, entendo mais isso como medida preventiva, para não actuarem como agentes transmissores do virús.

Na dúvida liguei para a Saúde 24. Falei com o enfermeiro xpto que me disse:

- Que essa era uma perspectiva alarmista da doença;
- Que o Di poderia andar na rua desde que devidamente protegido do sol (camisola de manga comprida, calças e boné), pois sol e borbulhas resulta em cicatrizes.
- Não deveria frequentar sítios onde estivessem crianças para que não as contagiasse. (medida preventiva)
- Não via nenhum inconveniente em ele andar na rua, desde que tivesse em conta estas recomendações.

Naturalmente, que a opinião de um técnico de saúde tem de ser entendida como a mais correcta, mas o que me deixa apreensiva é tratar-se da mesma fonte (Saúde 24), embora com duas posições divergentes.

O que sabem vocês sobre este assunto? Será que devo "barricar" o Di em casa?. É que quando a Rita esteve doente estava mau tempo ... mas agora, é quase um crime não sair à rua!!!

Que medidas adoptaram na varicela dos Vossos filhotes?

7 comentários:

A mamã disse...

cada um é que sabe mas as minhas filhas quando tiveram varicela não ficdaram fechadas em casa ... a Bia teve em AGOSTO e cheguei a ir de férias para o Algarve com ela assim, a Kika teve em Fevereiro e também não a resguardei. Claro que se evita o sol forte mas não vejo necessidade nenhuma fechar o menino dentro casa.
Bjinhos e as melhoras

Ana Guida disse...

olha, eu qt a isso n tenho experiencia pois eu pp nunca tive varicela e o meu filho tb ainda nao...mas acho k deves levar mais em linha de conta aquilo k te diseram na saude 24 ...sabes como é, qd se sabe das coisas p outras pessoas, qem conta um conto acrescenta sempre um ponto...

bjs*

Sandra e Dinis disse...

Acho que não deves
"barricar" o Di em casa, agora que veio o bom tempo!

Protege-o do Sol e das outras crianças e pronto!

Bjs e as melhoras

anocas disse...

Não há motivo nenhum para o Diogo não poder sair de casa, desde que devidamente protegido do sol.
Quando a minha criança teve varicela a médica deu-me vários conselhos, mas menhum deles envolvia a "clausura" da criança!! Fartou-se de ir para casa da avó.
Beijocas,

mamã da princesa disse...

Pois, não te posso ajudar!!!
A M. ainda não teve varicela... e eu já tive, mas foi há tantos anos... e acho que fiquei em casa!

Beijinhos e melhoras rápidas para ele.

patricia disse...

olá! sigo ja algum tempo o seu blog apesar de nunca ter feito nenhum comentario, no entanto quanto a esta questao que levantou parece-me que essas maes sao demasiado alarmistas. o meu filho teve varicela com 2 anos e como coincidiu com a data do batizado do irmao saiu a rua e divertiu-se imenso na festa.os pais das criancas que iriam ao batizados foram avisados e a grande maioria ate optou por levar à mesma as crianças. Claro que esta decisao foi com a concordancia do pediatra.
beijos
Patricia

F.L. disse...

Olá

Também sou uma seguidora silenciosa.
Tenho 2 filhotas com 4 e 1 anos. A mais velhas apanhou varicela quando a irmã tinha 4 meses, e adivinha... apanhou a bebé e... eu!!
Terrível, nos últimos tempos de licença de parto e de cama.
A pediatra que as acompanha desde o nascimento, e com quem tenho um relacionamento já de bastente à vontade preveniu-me que, de facto, o resguardo é imprescindível apenas por um motivo: as chamadas doenças de infância fazem o nosso sistema imunitário ficar completamente em baixa, ou seja é possível apanhr inúmeras coisas pouco boas. Não quererá dizer que nao haja crianças que andem na rua a não fiquem perfeitamente, todos temos organismos diferentes.

Tens sorte em também não apanhares, provavelmente já tiveste. Acredita que essa foi a pior parte pois nos adultos dá uns sintomas nada agradáveis!!

Beijinhos e as melhoras dos pimpolhos.

Filipa L.