>

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Bom Fim de Semana para Todos

Continuo a a andar entretida a trapilhar o tapete para a Rita.

Perguntaram-me como se faz. Volto-vos a relembrar que não tenho muito jeito, e que ninguém me ensinou, pelo que me limito a andar na net, em blog e sites para tentar perceber como fazer.

O trapilho é particularmente fácil, pois apenas necessitamos do seguinte:

- Tela (as casas que vendem o trapilho normalmente também vendem a tela, mas em qualquer retrosaria facilmente encontram. Já li algures que o AKI também se vende, já que esta tela não é nada mais nada menos, que aquela que se coloca por baixo dos tapetes (tela antiderrapante)).
- Trapilho Compra-se em novelos (geralmente mais cara) ou avulso em sacos de 500 gr ou 1Kg.
Na loja onde compro (Venda do Pinheiro) o preço do trapilho é de 2,25€/Kg (seja em novelo ou avulso). Mesmo mesmo adquirido avulso facilmente o colocamos em novelo.
- Tesoura

Confecção:
- Cortamos o trapilho em tiras de 10 cm (sei que há quem faça com 12 cm, mas eu prefiro fazer com 10). Este trabalho é monótomo e pode causar uns calos nos dedos devido à pressão da tesoura (não se assustem ... não é nada de grave, lol).
- Depois temos que colocar as tiras do trapilho da tela e damos um nó.

Temos de colocar duas tiras em cada quadrado, ou uma em cima e outra em baixo, ou lado a lado. Esta tela em cada quadrado tem duas zonas mais resistentes (na vertical) pelo que optei por colocar as tiras lado a lado para que ficasse mais resistente. Se assim fizerem as tiras colocadas começam a formar o aglomerado que vêem em cima.

Quanto a gráficos para a realização de trapilho não faço ideia se há ou não. O tapete do Di optei por misturar várias cores formando riscas. No da Rita estou a inventar, pois tenho de gerir a colocação das cores em função do trapilho disponível. É que um dos inconvenientes do trapilho é termos de adquirir logo todo o trapilho que iremos necessitar para a confecção do trabalho, uma vez que acabando o trapilho que trouxemos, muito dificilmente voltaremos a encontrar a mesma cor e textura. E no da Rita não tinham rosa suficiente para realizar o que tinha idealizado, pelo que agora ando a improvisar, para saber com o que conto.

E agora aqui Vos mostro como está a ficar:


Optei por escrever o nome da Rita (ainda está PITA, mas a perna do R irá surgir, lol)!!!

Entretanto, para descansar do trapilho, amanhã vou ter uma aulinha de Hidrobike:

PS - Qualquer dúvida que tenham ... já sabem é só dizer, pois se eu souber, concerteza que dou uma ajuda. Pelo que pesquisei na net há uma loja em Queluz que me parece interessante, pelo preço e pelas opções de cores, pelo que aqui Vos deixo um link:

http://www.donamoldura.pt/epages/donamoldura.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/donamoldura-sc/Categories/Trapilho

Se tiverem interesse na morada da Venda do Pinheiro digam, que eu tento saber, ou explico como encontrar a loja.

9 comentários:

Sammy e Mama disse...

Ola Filipa.
Sempre pensei que era dificil de fazer mas ,agora que li a tua explicacao da para ver que e bem simples!:)

Tas-te a por toda grossa ne?Tambem quero:p

Beijinhos e bom fim de semana

Filipa L. disse...

Olá

Sigo-te mas acho que nunca comentei. Tenho curiosidade nesta técnica! Não sou muito dada aos trabalhos manuais, mais até por falta de tempo, porque adoro. Se puderes indicar qual e onde é a loja, agradecia. Moro perto e gostava de experimentar.

Filipa L.

Anne Lieri disse...

Muito legal seu trabalho artistico!Vc é muito inventiva,adorei!Bjs,

sofia disse...

Obrigado pelas dicas!!!
Vou investigar a loja de Queluz.
Bjs

sandra disse...

esta muito giro tens jeito bom fim de semana.
beijinhos

Liliana disse...

Ola Amiga

Assim mesmo e que é, hidrobyke deve ser muito fixe, eu so fiz spinbyke e é super cansativo, mas vale muito a pena!
vou deixar-te um link com ideias para tapetes, espero que gostes
http://images04.olx.pt/ui/2/33/55/17842855_1.jpg

Beijocas

teresa disse...

Olá Filipa, tens imenso jeito (eu sou uma naba nos trabalhos deste tipo, lol)e o tapete fica bem giro!
Desejo-te um bom fim de semana!

P.S: Agradeço o teu comentário no meu blog e aproveito para te dizer que tens razão, há ainda muito por fazer! Beijocas

Filipa disse...

Olá Filipa,

O tapete está a ficar bem giro...
Só para ter uma noção de quanto se gasta...podes dizer-me quantos novelos compras para um tapete normal?
A técnica parece fácil e pelo menos ficamos com tapetes únicos e ao nosso gosto!

Beijocas

mamã da princesa disse...

Olá!
Tenho de tentar!
Não parece ser muito difícil... mas...

Beijinhos