>

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Assim andamos

Obrigado a todos aqueles que estranharam a minha ausência e manifestaram preocupação. Obrigado mesmo!!

Efectivamente estamos vivos (lol) e de saúde, mas na verdade, cada vez me sinto mais afastada deste mundo da blogosfera. Já por diversas vezes afirmei que ao criar este blog, tive como objectivo desabafar, expurgar as minhas inquietações e manter-me mais conectada com a sociedade civil. Sem dúvida que os meus objectivos foram alcançados e aqui, obtive muito mais do que alguma vez esperei. Aqui consegui fazer amigos, e mesmo estando mais distante, trago esses amigos no coração.

Como já tinha dito, no inicio de Janeiro demos inicio à actividade da Empresa, e com isso tenho-me mantido mais ocupada, pois foram-me delegadas algumas funções, nomeadamente administrativas. Tenho também ido para a loja, à sexta e sábado, afim de ajudar o meu marido, algo que embora não me agrade propriamente (o atendimento ao publico naquela zona não é muito enriquecedor), mas sem dúvida que é gratificante poder contribuir para que as coisas possam correr o melhor possível.

Em relação à situação do André, tudo se mantem como sempre, com altos e baixos. No inicio de Janeiro deu inicio à frequência das Novas Oportunidades.Passados uns dias entregam-lhe a senha de acesso ao PC, e mandam-lhe realizar 4 trabalhos. Contactou-me, dando-me a conhecer que tinha trabalhos para realizar sem saber muito bem como os fazer. Mais uma vez, me manifestei disponível para o "ajudar". Fiz 3 dos 4 trabalhos, e enviei-lhos por mail. Passados uns dias perguntei-lhe, o que achara dos trabalhos e ele começa a "engasgar-se" denotando que não tinha lido nada do que eu fizera. Alegou que passou os trabalhos directamente para uma Pen, que dera aos Professores, e que eles tinham achado que estava bom.

Sinceramente, achei aquela conversa algo estranha, fazendo-me lembrar anos e anos de desculpas, mentiras e histórias mal contadas.
Fiquei com a plena convicção que efectivamente, ele já não andava na Escola, pois afinal de contas, o que ele pretendia mesmo, era a senha de acesso ao PC. Assim que a obteve (e estupidamente entregam-nas nas primeiras sessões) teria abandonado a escola. Perguntei-lhe directamente se a tinha abandonado, e obtive como resposta: Achas? Claro que não, em Abril já fico com o 9ºano.

Não me convenceu, mas na verdade, já há alguns anos que desisti de investigar as suas contradições e confrontá-lo com elas, para que se convencesse que só faz de mim parva, se eu quiser. A investigação e o confronto desgastavam-me, decepcionavam-me, revoltavam-me, pelo que a partir do momento em que ele saiu de casa, passei a ignorar, desde que essas suas "histórias" não colidissem com os meus interesses ou a minha familia.

Ontem, recebo uma chamada do Coordenador do Grupo de ensino das Novas oportunidades, perguntando-me por ele. Foi reviver um passado que ainda está fresco. Foi inevitável vir-me á ideia as mil e umas histórias que ele inventava aos professores para faltar à escola, e as inevitáveis reuniões intermináveis com os DT´s, Directores da Escola, e Psicólogos, para que ele regressasse e não fizesse abandono escolar. Tudo em vão.

Hoje, com 19 anos, as perguntas são as mesmas, o desinteresse o de sempre, e a falta de coragem para assumir os seus actos mantem-se.

Mais uma vez as minhas suspeitas confirmaram-se. As Novas Oportunidades apenas tinham em um objectivo ... a obtenção de um PC. Mais uma vez, me senti traída, pois fui arrastada estupidamente, na minha boa fé, na minha esperança de mãe, para o levar pela mão a formalizar a inscrição, que afinal apenas representava um meio de obter um fim .... um PC (e não o 9º ano), e com ele naturalmente, dinheiro.

Curiosamente uns dias antes, tinhamos-lhe perguntado se ele não queria ir trabalhar para a loja, com o pai. Este convite não era uma necessidade nossa, mas sim uma forma de o levar a perceber que efectivamente só trabalhando é que se consegue ter alguma coisa. Iriamos dar-lhe formação, aprender aos poucos o oficio do pai. Ele manifestou-se interessado, ressalvando no entanto a necessidade de dois dias por semana ter de sair mais cedo .... tinha de ir para a escola (aquela que afinal soube ontem que não frequenta desde 07/01). O entusiasmo cresceu, principalmente, quando lhe dissemos que se ele cumprisse com as suas obrigações, teríamos muito gosto em pagar-lhe a carta de condução, e que oferecer-lhe o carro que presentemente temos à venda.

Ficámos todos de pensar a sério no assunto, e na parte logística que a situação comporta (ele ainda vive longe da loja e a ida de transportes em determinadas horas é complicada).

Sexta feira à noite liguei-lhe dizendo-lhe que o iria buscar para ele começar a trabalhar. Engasgou-se, disse que não podia, pois tinha-se comprometido com um Sr. para o ir ajudar, e blá, blá, blá .... não foi.

Segunda feira liga-me, para saber como era. Disse-lhe que o pai estava de folga pelo que só hoje (terça-feira) seria possível ir trabalhar.

Ontem após o telefonema do Coordenador, liguei-lhe a perguntar se ele não tinha vergonha de estar a chamar a atenção para o facto de ter de sair mais cedo do trabalho para frequentar a escola, que afinal abandonara a 07/01. Respondeu-me que ainda não tinha decidido se iria continuar ou não, por isso ter chamado a atenção para isso (tretas, naturalmente).

Estive toda a tarde em contacto com ele, afim de vermos que passe seria necessário nós comprarmos, que carreiras ele teria de apanhar, e a que horas. Como não conseguimos as informações que pretendiamos, ele ficou encarregue de hoje de manhã, ir pessoalmente obter a informação, e ir ter com o pai, para começar a trabalhar após o almoço.

Hoje liga-me a dizer que à tarde vai obter as informações e amanhã vai ter com o pai.
Passei-me, pois é notória a pouca vontade que revela, estando sempre disponível para inventar desculpas para adiar o inicio. Mais uma vez estou convicta que os 60,00€ de passe que teriamos de suportar, serviriam para ele trabalhar 2 dias, e comercializar cópias da senha do passe para os amigos. Mais uma vez ficaríamos com uma sensação de impotência, traição e com a convicção que de facto não há nada que possamos fazer por ele. Ele não quer ser ajudado, ele não quer trabalhar .... mas a porcaria daquele sentimento que se chama esperança, teima em periodicamente bater à porta, motivando-nos para dar-mos mais uma oportunidade ..... mas a decepção e o desgosto, fazem questão de seguir mesmo mesmo atrás da esperança. :(

O meu sentimento de desalento e frustração é completamente indiscritivel. Penso na injustiça da vida, na dificuldade que muitos passam porque não têm quem lhe dê a mão, e vejo no ridiculo que é, o André continuar a querer viver assim. Não me interpretem mal, mas se opta por viver no mundo da criminalidade ... ao menos que essa opção rende-se o suficiente para ser independente, para se vestir, beber e comer ....

Enfim .................................................... :(

---------------------------------------------------------------------------

Recadinhos:

Flor do Campo - Recebi de facto o teu e-mail. Espero ter calma e disposição para dar resposta à tua amizade da forma como tu mereces. Desculpa a ausência de notícias.
Lisoca - Tu não falhas. Estás sempre atenta, e é sempre reconfortante receber as tuas doces palavras. Um beijinho grande para ti e para a Ritinha.
Lili - Sabes bem, que mesmo ausente, estou sempre a torcer para que tudo te corra de feição. As melhoras da Lara (imagino o susto que apanhaste).


Beijinhos grandes para todos os que acompanham este Blogue!!!

Filipa

PS - Como tenho um filho que não quer trabalhar, não tem forma de se sustentar, muito menos a um carro, tenho um Renault Clio 1.9 Societe (2 lugares) de 12/1999 à venda. Está em optitmo estado, necessitando apenas de uma pintura. Se alguém estiver interessado por favor contacte através do e-mail: filipagalvao@hotmail.com

ADENDA : O carro já foi VENDIDO e ENTREGUE (lol)

Esta semana vamos receber um pópó novinho em folha: YES!!!!!

7 comentários:

Lisa disse...

Aiiiiiiiii que neura que esse moleque me dá! Ele é um mentiroso compulsivo ... raios! Mas pq ele faz isso? Tantos meninos que precisam de uns pais e que dariam tudo por 1 oportunidade e depois ele faz isso .. nada :(
É mm um sentimento de impotencia!
Miga, quanto vcs vao pedir pelo carro? bjinhos enormes e cabeça pra cima!

mamã da princesa disse...

E eu a pensar que andavas pelos trabalhos manuais...
É complicado ter um filho assim, não vos queria estar na pele.
Mas mãe é mãe e tu continuas com esperança!

Beijinhos e vai dando notícias.

Dri disse...

oi Pipa,
peço-te desculpas por não ter dado notícias ultimamente... fiquei feliz ao saber que vcs montaram uma empresa... vai fazer-te bem voltares a trabalhar... li o teu coment no meu blog, o q deu ao teu irmão p estar c o André? não virá mais complicações se os dois juntarem-se? tenho recebido uns mails do teu mano, mas como já deves calcular... difícil d aguentar ler até ao fim... nem mesmo a distância o faz mudar, e os ciúmes ainda o corróem p dentro... é pena... não tenho sequer dado resposta, pq não há palavras p dizer-lhe... é impossível... bem, mas mudando de assunto... a Catarina está num colégio, já começaram as aulas e ela está radiante. Herdou uma característica tua, é mt sociável e tagarela... lolol... td a gente gosta dela no colégio... e ela sente-se o máximo... rs...
eu já tenho trabalho garantido, a seguir ao carnaval, claro... dp conto os detalhes... beijo grande no coração... beijo aos meninos e fica c Deus... estou à vossa espera para umas férias aqui... vcs vão adorar... qdo puderes fala com a Fernanda. ela está mt sozinha e triste... adoro-te

angelina disse...

so vim deixar um beijinho
angelina

teresa disse...

olá Filipa! lá continuas a voar pela vida, com altos e baixos, sempre com esperança, pelo menos é isso que entendo ao ler-te. Penso que és uma mulher de fibra e que só por isso não desistes!
espero que tudo corra pelo melhor!
beijocas

Mamã e Tesourinhos disse...

Olá Filipa!

Já tinha estranhado e muito a tua ausência e andava a pensar que tinha que te ligar (e como sempre tarde e más horas... a ver se mudo este hábito para não ficar só pelo pensamento...).

Fico feliz por saber que vocês andam bem (calculo que a Ritinha e o Di também o estejam, apesar de não falares neles).

Vai dando notícias.

Fica bem.
Bjs.

Liliana disse...

Ola Amiga

Deves entender que os ultimos dias foram complicados, principalmente os que passamos no hospital e por isso nao vinha a net.Mas felizmente a Lara esta melhor.
Eu tambem nao me esqueço nunca de ti e dos teus meninos, desejo-vos toda a sorte do mundo neste vosso projecto de trabalho ;) e que vos corra tudo pelo melhor.
Em relaçao ao André ele tem é muita sorte pelos pais que tem, e infelizmente nao sabe agarrar as oportunidades para mudar, fico mesmo triste por ti e pelo G, mas principalmente por ti porque sei como sofres como Mae Amiga

Um beijinho muito muito grande e um xi coraçao bem apertadinho